Casa Garrett








Sábado foi dia de petiscar. O local escolhido? A Casa Garrett. Um espaço super giro, que já queria visitar há algum tempo. 

O espaço é original e o conceito ainda mais, com uma ementa inspirada no livro de Almeida Garrett, Viagens na Minha Terra. A verdade é que, na Casa Garrett há de tudo, para todos os gostos. 

Para entrada: ovo cozido de codorniz com maionese de mel e mostarda, cubo de azeite aromático, azeitonas, alho e pejo, o “nosso paté de tremoço” e pão. 

Para dar seguimento à refeição pedimos de tudo um pouco: batata doce frita (que é divinal!), torricado com pão alentejano, pleurothus, presunto e queijo da ilha (DOP), torricado com pão alentejano, brandida de bacalhau e cebola roxa caramelizada, tigelada de alheira, tártaro de atum fresco,francesia folhada e lombo de atum braseado com chutney de tomate à baunilha. 

Tudo delicioso, mas nós gostamos, especialmente, da batata doce frita (tanto que vieram 5)! 

Infelizmente (ou felizmente!), já não tinham a sobremesa que todos queríamos experimentar: gelado de ovos moles e, por isso, não posso dar feedback... Mas fica para uma próxima! 

Catarina Silva

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Sem comentários:

Enviar um comentário